Experiências

Experiências

Bovinos de raça Barrosã

img

 

As famosas “vacas piscas”, características das zonas montanhosas das Aldeias da Mesa dos 4 Abades, iniciaram a sua expansão no Minho, devendo no entanto o seu nome – Raça Barrosã – à região do Barroso, formada pelos concelhos de Montalegre e Boticas. Atualmente, este animal de temperamento dócil insere-se principalmente nas regiões do Minho e do Barroso.

Desde os primórdios ligado às populações rurais, este animal adaptado às particulares condições desta envolvente de montanha, era indispensável para o trabalho agrícola, desempenhando um importante papel no cultivar das pequenas leiras (socalcos), bem como para a valorização dos escassos recursos alimentares de que dispunham, como a carqueja ou o tojo, que de outra forma seriam desperdiçados, possibilitando assim a agricultura de montanha e a própria subsistência a estas populações remotas.

Atualmente, e devido ao abandono e consequente mecanização da agricultura ainda existente, a Raça Barrosã é essencialmente explorada para carne, com maior viabilidade devido à certificação da “Carne Barrosã” como produto de denominação de origem protegida (DOP).

Assistimos ainda à sua criação em regime semisselvagem, podendo avistá-las nas encostas montanhosas destas aldeias.

Galeria